Indaial irá apresentar dois trabalhos no Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública

12/03/2018 17:55:00



O Município de Indaial teve dois trabalhos aprovados para apresentação no 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública, que acontece no Rio de Janeiro, de 12 a 15 de março. A cidade está representada no evento pela secretária de Saúde, Adriane Ferrari, e pela coordenadora de Estratégia Saúde da Família, Marilu de Oliveira Crizel.


O Congresso conta com grande variedade de informações difundidas e conhecimentos compartilhados por meio de palestras, mesas redondas, vivências e espaços de cuidado em práticas integrativas e complementares.


Os trabalhos que serão apresentados são: “Girasus: a dança circular como instrumento de cuidado para os trabalhadores de saúde” e “O despertar de um olhar para a saúde do trabalhador”.


A inserção das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde no contexto do SUS vem gradativamente conquistando espaços de diálogo e de prática. Essa inserção traz uma inovação tecnológica de baixo custo e permite contribuir nos processos de trabalho. Vislumbra-se a inserção dessas práticas como propulsoras da melhoria da saúde e qualidade de vida dos trabalhadores.


Sobre os trabalhos


O trabalho “Girasus: a dança circular como instrumento de cuidado para os trabalhadores de saúde” tem autoria de Marilu de Oliveira Crizel e coautoria de Samira Natascha Tschoeke Reyes, Luciane Leite Grossklags, Milena Mery da Silva, Gislaine Niezer Ruthes, Maria Edileia Ribeiro da Silva e Larissa Poletto.


O Município vem realizando desde 2016 ações voltadas à saúde do trabalhador. Sua primeira atividade foi o evento “Cuida bem de mim”, alusivo à Semana Nacional da Enfermagem, o qual foi realizado em meados de maio e junho e se estendeu no ano de 2017. A ação foi organizada pelo Núcleo de Educação Permanente em Saúde e Humanização, recém-implementado pela secretaria de Saúde na época.


A ação teve como propósito despertar discussões sobre saúde do trabalhador, possibilitando momentos de integração e fortalecimento dos vínculos interpessoais e intersetoriais por meio de práticas integrativas e complementares. Participaram da atividade cerca de 120 trabalhadores da área da saúde. Como metodologia do evento utilizou-se a Dança Circular como instrumento terapêutico de intervenção, além da ambiência propícia para momentos de relaxamento, possibilitando aos participantes o acolhimento devido para a reflexão de sua vivência.


Esse espaço, segundo relato dos profissionais, foi um momento de integração, socialização e harmonização, que promoveu sensações de bem-estar. Trouxe leveza, alegria, distração, vibrações positivas, contribuindo para a qualidade de vida desses profissionais.


O segundo trabalho “O despertar de um olhar para a saúde do trabalhador” foi elaborado pelas profissionais da saúde: Marilu de Oliveira Crizel, Maria Ediléia Ribeiro da Silva, Samira Natascha Tschoeke Reyes, Larissa Poletto Milena Mery da Silva, Luciane Leite Grossklags e Gislaine Niezer Ruthes.


A secretaria, por meio do Núcleo de Educação Permanente em Saúde e Humanização, executou em 2017 ação voltada ao trabalhador utilizando as práticas, às quais foram viabilizadas por intermédio de oficinas e atendimentos individuais. Em relação à modalidade individual, foram ofertados Shiatsu, Reiki, Massoterapia, Auriculoterapia e Terapia Floral. Na modalidade em grupo, sob o formato de oficinas, foram realizadas Terapia Floral, Auriculoterapia, Reiki e Acupuntura. Tanto na modalidade individual quanto na coletiva cerca de 80 trabalhadores receberam acolhimento.


No transcorrer das ações ocorreram relatos de alívio de dores, diminuição de ansiedade e tensões, sensação de relaxamento e de tranquilidade. Outros resultados foram constatados a partir de relatos em médio prazo, a partir do uso da Terapia Floral e Auriculoterapia.

Fotos - Shiatzu e Terapia de Flores - técnicas realizadas em 2017

Foto 1 - 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública


Fonte: PREFEITURA DE INDAIAL

Imagens