Portal Cidadão, com Flávio Molinari

09/03/2018 16:45:00
Indaial e Região em destaque

Confira a coluna da semana do vereador Flávio Molinari no Jornal Vale Alternativo

 

Mais um caso de ilegalidade com dinheiro publico

 

Quando eu assumi as funções de Vereador, destaquei ao Prefeito e Secretários, que meus trabalhos de fiscalização, se necessário de investigação e zelo com os patrimônios públicos seguiriam a mesma linha, e caso fosse preciso denunciaria, não me importando quem fosse.

De ambos tive de bate pronto aval para denunciar e dar o devido encaminhamento, ainda mais pelo fato de também se tratar de uma das atribuições do cargo Vereador, tendo em vista que hoje no setor público indaialense existe em torno de 2 mil funcionários, tornando a missão de fiscalizar um tanto quanto difícil.

 

Esse profissional não representa o funcionalismo publico

 

Fico triste, todavia que já existe um massacre quando mencionado o “trabalhador do setor público”, muitas vezes prejulgado pela população, aí faço o seguinte questionamento, o porquê desta indignação e preconceito?

Porém neste pouco tempo aprendi que não devemos generalizar, isso é um grande equívoco, no setor público a grande maioria são pessoas honestas, pessoas comprometidas e dedicadas que se fazem além de seus deveres e obrigações, que não merecem ser taxadas de corruptas e malandras por causa de meia dúzia que teimam em desafiar o sistema e achar que são mais inteligentes.

 

Lamentável

 

Isso se deve ao grande escândalo existente na política deste país retratado na grande mídia, na impunidade em relação a estas pessoas, nesta meia dúzia que teima em manchar toda uma classe. Da mesma forma que no meio privado, pessoas que só pensam em adquirir fortunas e não cumprem com os seus deveres mesmo que com isso pessoas sofram e por muitas vezes até morram perante ao descaso e o egocentrismo.

É lamentável o tempo que é despendido que poderia estar ajudando e dando a devida atenção a população, ao invés de ter que estar correndo atrás de malandro que quer ser mais esperto e dar o golpe na população, profissional que no dia da sua formatura jura ser ético e fazer o bem por meio de seu conhecimento adquirido, lastimável.

 

 

 

Não vou parar, serei a sombra dessas pessoas descomprometidas

 

Reitero todo caso que chegar até mim, e eu puder criar provar concretas denunciarei, cumprirei com meu dever não de vereador, mais de cidadão brasileiro, que não aguenta mais este tipo de notícia, tenho fé e esperança de fazer a mudança acontecer, não me interessa se casos serão arquivados, se a justiça fara corpo mole, eu não desistirei de fazer a minha parte.

Quando esta denúncia chegou aos meus ouvidos prontamente me dediquei a investiga-la a fundo, contei com equipe do jornal alternativo, e colhemos provas durante vários dias que acredito ser suficientes e concretas para comprovar os atos irregulares e para acabar com mais um caso de desperdício do dinheiro público em nossa Indaial.

 

De novo

 

Inicialmente recebi a denúncia que um profissional medico vinha descumprindo com seus deveres, com isso, durante vários dias estive acompanhando, filmando e fotografando o mesmo, que no início da manhã batia o cartão no SAIS e logo em seguida saia a cumprir com suas atividades particulares, como tomar longos cafés que duravam mais de uma hora, bem como atender em seu consultório particular, enquanto isso seu cartão fica contabilizando no SAIS.

Conseguimos inclusive flagrar o mesmo deixando o seu veículo fora das dependências do SAIS no final da manhã e andar sorrateiramente entre os carros para bater o seu cartão ponto, após fazer isso o mesmo seguia para sua residência.

Esse caso estarei denunciando na ouvidoria do município, no Ministério Público, no sindicato dos Médicos (Simesc), na Associação Catarinense de Medicina (ACM) e no Conselho Regional de Medicina (CRM-SC).

 

Falam mal do meu trabalho, mas não tem capacidade para fazer melhor

 

Muitos falam que minha linha de atuação mudou, mas quem acompanha meu trabalho, sabe que sigo a mesma linha seguida antes frente a imprensa, agora mais forte ainda sendo um representante do povo.

Destaco que essas pessoas que fazem estes comentários sobre minha linha de atuação não acompanham a minha luta, o meu trabalho diário, nem se quer fizeram ou fazem algo em prol da população, preferem denegrir os outros que tirar a bunda da cadeira e fazer algo melhor ou parecido.

 

 

Se mudou, foi para melhor

 

Mudou? Talvez, acontece que agora 80% dos casos que chegam a mim eu consigo dar o devido encaminhamento não sendo mais necessário leva-los a mídia, mas afirmo que casos como estes de irregularidades ou que por ventura não possa resolver por meio das atribuições que o cargo de vereador me confere, estarei divulgando sim.

Além de divulgar vou buscar alguma forma de solucionar, não tenham dúvida disso, e como diz o ditado, “Enquanto muitos falam, eu trabalho”, e sigo diariamente me dedicando e doando-me a buscar me aperfeiçoar e sempre fazer um trabalho melhor do que o feito ontem.

Imagens