Morre em SP o publicitário Agnelo Pacheco

12/10/2017 18:20:00
Profissional foi responsável por propagandas famosas em mais de 30 anos de carreira

SÃO PAULO - Morreu aos 71 anos nessa quarta-feira, em São Paulo, o publicitário Agnelo Pacheco, fundador da agência de publicidade que leva seu nome. Com mais de 30 anos de atuação no mercado publicitário, Agnelo foi um dos mais respeitados da área, ganhando inclusive vários prêmios internacionais. O Hospital Sírio Libanês, onde Agnelo estava internado, não divulgou a causa da morte.


Agnelo criou sua agência em 1985, onde assinou propagandas para a Nossa Caixa, Nosso Banco; Telesp, Banco BMC e Ministério da Saúde. Uma das peças publicitárias mais famosas é a de um analgésico: “Tomou Doril, a dor sumiu”.

Formado em Comunicação e Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, ele começou a trabalhar com marketing e publicidade ainda na década de 70. Também deixou sua marca com a entrada de sua agências em vários estados. Há dois anos, passou a atuar com mais frequência no escriotório da agência em Brasília.

Agnello foi o primeiro publicitário, no Brasil, a ganhar o Clio Awards Mundial para televisão, em 1980, em Nova York, com o filme de lançamento do Pneu Tropical. Ainda como criador direto, foi responsável por inúmeros trabalhos premiados em Cannes, Festival de Gramado, Profissionais do Ano, Colunistas e Festival de Nova York.

 

A seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) publicou uma nota em razão da morte do publicitário. “Nos 13 anos em que prestou serviços à OAB SP realizou inúmeras campanhas especialmente com temas voltados à cidadania e à defesa do Estado Democrático de Direito. “Pacheco foi um grande nome na área do marketing no país. Foi responsável por belíssimas campanhas para a nossa secional”, escreveu o presidente da OAB-SP, Mario Costa.

O velório de Agnelo Pacheco está sendo realizado nesta quinta-feira no próprio hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo. O publicitário deixa mulher, quatro filhos e quatro netos.

Fonte: G1

Imagens