Bale revela que jogou final da Liga dos Campeões à base de remédios para dor

11/09/2017 13:37:00
Em entrevista ao El País, atacante galês diz que voltaria atrás e se daria mais tempo para se recuperar completamente da lesão no tornozelo antes de jogar novamente

Após passar por uma cirurgia no tornozelo direito no fim de 2016, Gareth Bale precisou correr contra o tempo para estar em campo na decisão da Liga dos Campeões, em junho, contra a Juventus. Recuperado em cima da hora, ele entrou nos minutos finais da partida vencida pelo Real Madrid por 4 a 1. Porém, segundo o próprio jogador, em entrevista para o jornal El País, ele ainda sentia fortes dores na região e precisou de remédios para conseguir atuar naquela partida.

 

- Por um lado é fácil agora dizer que eu deveria ter descansado mais. Mas, quando você está lesionado durante três meses e vê seus companheiros jogarem, realmente quer voltar e é o que eu fiz. Tive que tomar muitos analgésicos para poder jogar. E sim, agora penso que devia ter tomado mais tempo para me recuperar e assim poder voltar jogando muito melhor e ser capaz de fazer todas as coisas que, com a dor no tornozelo, não era capaz de fazer. E sim, se pudesse voltar atrás, teria esperado mais tempo para me recuperar melhor - afirmou Bale.


O atacante galês ainda comentou as críticas de que seria um "jogador de cristal", numa referência ao seu alto número de lesões em sua passagem pelo Real Madrid. Porém, ele diz que, após a grave lesão no tornozelo, tem estado em boa condição para disputar a atual temporada.


- O futebol é um esporte que desperta paixões e é normal que todos tenham suas opiniões. Uma lesão é algo muito frustrante quando você é um atleta profissional. Claro que tem sido complicado o fato de não poder jogar, mas tive uma boa pré-temporada e estou treinando duro para ajudar a equipe a ganhar mais títulos.

Fonte: Globoesporte.com

Imagens


  • Autor: Foto: Reuters