Projeto Vale do Handebol é retomado em Indaial

14/06/2017 08:53:00
Projeto terá o apoio das Lojas Hardt para sua retomada

O município de Indaial está retomando o projeto Vale do Handebol, responsável por desenvolver e qualificar núcleos de formação esportiva da iniciação à competição, proporcionando aos participantes e familiares qualidade de vida e integração comunitária.

 

O Vale do Handebol foi iniciado em meados de 2007 com a criação da Associação Vale do Handebol e durou até 2014. Teve como idealizador o professor Ivan Maziero (Macarrão) e a gestora e mantenedora Lojas Hardt, especialmente através da figura de Dênis Hardt, apaixonado por handebol e esportes em geral. Na época, Macarrão jogava profissionalmente pela equipe da Metodista, de São Bernardo do Campo, e vinha à região uma vez por mês para monitorar o Vale do Handebol. Anteriormente ao surgimento do projeto, Macarrão já havia residido em Indaial, entre os anos de 1990 e 1995, onde possuía vínculos familiares e desenvolvia um trabalho na área do esporte. Durante o período em que esteve ativo, o Vale do Handebol atraiu a atenção de sete municípios da região, que acabaram implantando o projeto. Somente em Indaial eram 450 crianças inscritas, atendidas por seis professores.


O atual diretor-executivo da Fundação Municipal de Esportes de Indaial, Márcio Selhorst, que já havia dirigido a Fundação de 2001 a 2008, durante o auge do projeto, procurou novamente os responsáveis pelo projeto no início dessa nova gestão frente à FME no intuito de retomar a parceria, coincidindo com a mudança de Macarrão para a região, onde voltou a residir.


Dênis Hardt também foi contatado para participar novamente do projeto, confirmando a parceria se Ivann Maziero assumisse o comando. Acertados todos os detalhes acerca do retorno do Vale do Handebol, Macarrão foi contratado pela FME e tem o apoio da Lojas Hardt.


Durante o mês de fevereiro, através de visitas a todas as escolas municipais e estaduais de Indaial, foi realizado estudo no sentido de conhecer os espaços esportivos disponíveis; mapear a área escolar e verificar o material esportivo disponível em cada uma das escolas, a situação do contraturno escolar e o interesse das escolas em contar com algum tipo de modalidade esportiva.


Assim, com a retomada em 2017, quatrocentas crianças, de aproximadamente 20 educandários, já foram inscritas, com atendimento de três professores. A prioridade é Indaial, mas os municípios de Benedito Novo e Timbó, através dos presidentes das Fundações de Esporte, manifestaram interesse em participar do projeto.


O projeto em Indaial abrange crianças e adolescentes de sete a 15 anos, divididos em três grupos: sete a 10 anos, 10 a 12 anos e 12 a 15 anos. No segundo semestre deverão ser criados grupos de treinamento para jovens com idade entre 16 e 18 anos, com o objetivo de resgatar adolescentes que faziam parte do projeto anteriormente.


As aulas gratuitas são nas próprias escolas, uma vez por semana, em horários diversificados em cada polo, com exceção do Colégio Municipal e da Escola Prefeito Germano Brandes Jr. devido ao grande número de crianças participantes.


A Fundação Municipal de Esportes cumpre seu papel social e de incentivar o esporte ao disponibilizar espaço físico, professores e parte do material esportivo. Interessados devem procurar informações na sua própria escola ou na FME (rua Leoberto Leal, 155, Tapajós).


Dênis Hardt pontua que “a intenção é agregar e contribuir para o crescimento do esporte em geral. O minihand é uma ótima forma de iniciação esportiva, pois desenvolve o interesse dos participantes pelo esporte e habilidades para que mais tarde o adolescente pratique outras modalidades como voleibol, basquetebol, atletismo, ginástica e futebol. Além de proporcionar saúde e bem-estar, trabalha valores como integração, respeito, disciplina, cooperação e liderança”.


Dênis ainda complementa: “Sabemos que a maior função social de uma empresa é a geração de empregos e o pagamento de impostos, e nos orgulhamos de contribuir muito para a cidade nesse sentido. O momento é de crise econômica para todos no país, mas não poderíamos deixar de retomar um projeto que atende com tanto carinho e dedicação várias crianças”.


Sobre Ivan Maziero (Macarrão)


Ivan Maziero é referência nacional como atleta e técnico de handebol, formado em Educação Física e pós-graduado em Handebol. Foi professor universitário na disciplina de Handebol por mais de 10 anos, na Universidade Metodista de São Paulo, atleta de Handebol e técnico da Seleção Brasileira categoria Juvenil desde 2011. Participou de três olimpíadas (Barcelona, Atlanta e Atenas), cinco mundiais e dos Jogos Pan-americanos de 1995. Sagrou-se campeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina em 2007, defendendo Joaçaba.

Fonte: FME Indaial

Imagens


  • Autor: FME Indaial / Divulgação

  • Autor: FME Indaial / Divulgação

  • Autor: FME Indaial / Divulgação

  • Autor: FME Indaial / Divulgação